"A grandiosa Revolução Humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e além disso, será capaz de transformar o destino de toda a humanidade."

ѵıѵα! ! ! ! α sgı 80 αησs ѵıѵα ! ! ! α вsgı 50 αησs ∂є яєαłızαçõєs,αѵαηçσ є sυcєssσ
ѵıѵα!!! sєηsєy

sgi

Loading...

Postagens populares

quinta-feira, 30 de junho de 2011



Seis animais e um pilar

Sakyamuni citou esta parábola em uma das suas pregações na região norte de Shravasti, na Índia antiga:
Um homem mantinha seis animais em sua casa: um cão, um pássaro, uma serpente, uma raposa, um sisuma (um espécie de crocodilo) e um macaco. Todos estavam fortemente presos em um pilar que era impossível escaparem.
Os seis animais representam os seis sentidos ou desejos — a visão, a audição, o olfato, o paladar, o tato e a consciência. Os desejos são necessidades insaciáveis por objetos. Os olhos procuram por belas cores, os ouvidos por vozes melodiosas, o nariz pelas melhores fragâncias, a lingua por deliciosos sabores, as mão por texturas agradáveis e a consciência pela auto-satisfação. Mesmo que um deles entre em competição com os demais para ser expulso, jamais será dominado por eles se estiverem fortemente presos ao pilar.
Sakyamuni enfatizou que não era preciso eliminar os desejos mas desenvolver e estabelecer um estado de vida elevado para não ser controlado por eles.
"Um único pilar" nesta parábola representa esse estado que nunca é abalado pelo desejo, da mesma forma que uma grande árvore não é abalada por uma tempestade.