"A grandiosa Revolução Humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e além disso, será capaz de transformar o destino de toda a humanidade."

ѵıѵα! ! ! ! α sgı 80 αησs ѵıѵα ! ! ! α вsgı 50 αησs ∂є яєαłızαçõєs,αѵαηçσ є sυcєssσ
ѵıѵα!!! sєηsєy

sgi

Loading...

Postagens populares

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

ORIENTAÇÕES DE SENSEY


Frase da Semana


Frase da Semana

Edição 2065 - Publicado em 01/Janeiro/2011 - Página A2

Daisaku Ikeda

Hoje, também, vamos visitar os nossos companheiros, principalmente os que não conseguem participar das reuniões. Todos são preciosos membros da família Soka.

Mensagem


A história do triunfo da revolução humana e do dinâmico desenvolvimento do Kossen-rufu

Edição 2065 - Publicado em 01/Janeiro/2011 - Página A1
Foto recente do presidente Ikeda e sua esposa Kaneko
Parabéns pelo brilhante início do Ano dos Valores Humanos e do Dinâmico Avanço! Vamos iniciar vigorosamente esta segunda década do século 21 visando o centenário de fundação da Soka Gakkai, em 2030.
O Buda Nitiren Daishonin escreveu: “Quando o deus do sol se levanta ao alvorecer, no Leste, envia seus raios de luz, abre seus olhos celestiais e observa [o mundo todo]. Se (...) vê um devoto do Sutra de Lótus, seu coração se alegra”.1
Nas terras em que estão recitando o Nam-myoho-rengue-kyo — a lei fundamental do universo — e colocando em ação a sabedoria encontrada nos ensinamentos humanísticos do Budismo Nitiren, as divindades celestiais estão, com toda certeza, se rejubilando. Nesses locais, o impulso cheio de esperança em prol da paz e da prosperidade — o Kossen-rufu — está em andamento.
Nesta época cada vez mais problemática, vamos nos empenhar ainda mais para fazer que nossa vida fique transbordante do poder transformador, revitalizador e harmonizador da Lei Mística.
Este ano marca o sexagésimo aniversário da Divisão Feminina.2 As integrantes dessa divisão, o sol da SGI, têm papel especialmente inestimável na família, na localidade onde moram e na sociedade. Enquanto apoiamos e elogiamos calorosamente todas as integrantes da Divisão Feminina, as mães do Kossen-rufu, vamos continuar a expandir com sabedoria e harmonia nossa rede de vitória e felicidade.
O Sutra de Lótus descreve os Bodhisattvas da Terra emergindo de “todos os bilhões de terras do mundo saha”3 e atendendo ao chamado de seu mestre, Sakyamuni. Eles aparecem alegremente no local de sua missão e batalham na região com a qual possuem uma ligação cármica.
Nós, da SGI, da mesma maneira, formamos uma magnífica rede de Bodhisattvas da Terra que se estende por nosso planeta azul e se dedica à promoção da paz, da educação e da cultura. Cada um de nós escolheu, por vontade própria, nascer neste problemático mundo saha e interpretar um drama da revolução humana. O enredo de cada drama é diferente: alguns tratam do triunfo sobre a doença ou da superação da dificuldade financeira e outros sobre a solução de problemas de relacionamento. Mas todos envolvem a conquista da vitória com a transformação do veneno em remédio, transmitindo a grandiosidade da Lei Mística e proporcionando imensurável coragem e esperança.
Elogiando os irmãos Ikegami, que venceram obstáculos desafiadores com toda a coragem, Nitiren Daishonin escreveu: “Poderia haver outra história mais maravilhosa que a de vocês?”4 Não há carma negativo que não possa ser transformado pelo poder da fé na Lei Mística. Espero que cada um de vocês escreva sua própria história de triunfo da revolução humana e que ela continue a ser transmitida pelas gerações futuras.
A palavra “história” contém o termo “narrativa”. Estou atualmente engajado num diálogo com o historiador americano Dr. Vincent Harding, que foi muito amigo do líder dos direitos civis americanos Dr. Martin Luther King Jr. Comentamos que o poder da humanidade de criar histórias surge da capacidade de contá-las. O Dr. Harding fez a seguinte observação:
“Essas narrativas nos ajudam a compreender como estamos conectados uns com os outros. É esse pensamento que nos faz entender que fazemos parte de um todo — que não existe separação. Isso significa que as divisões nada mais são que ilusões. Então, nossas várias narrativas chamam a atenção para a conectividade existente entre os seres humanos.”5
Os relatos de experiência sobre a prática da fé que nossos membros da SGI contam com todo orgulho são fatos narrados do despertar para a dignidade e para o valor inerente na própria vida e o surgimento do invencível poder do Buda que vem das profundezas de seu ser. São histórias inspiradoras que nos permitem reconfirmar que, além de diferenças superficiais como etnia, idioma ou cultura, todos nós somos nobres seres humanos com o potencial para o estado de Buda. São palavras que incentivam e nos impulsionam.
Este ano marca também o sexagésimo aniversário da Divisão dos Jovens.6
No dia 6 de janeiro de 1951, meu mestre, Jossei Toda, chamou-me para que eu fosse até a sua casa. Naquele dia, em meio à grande adversidade decorrente das dificuldades com sua empresa, ele confiou o futuro a mim que estava, na época, com 23 anos de idade. Ele disse: “Não importando o que aconteça, se você e eu cumprirmos a missão de nossa vida, chegará enfim a época em que o acalentado desejo de Nitiren de concretizar o Kossen-rufu será alcançado. Independentemente do que as pessoas digam, você deve avançar firme e decididamente pelo bem da Soka Gakkai”.
Quando vigorosos discípulos entram em ação, compartilhando o mesmo espírito de seu mestre, escrevem uma poderosa narrativa e deixam uma profunda história sem igual. De fato, estamos vendo hoje os jovens da SGI do mundo inteiro realizando conquistas extraordinárias.
Conforme observou o filósofo britânico Alfred North Whitehead: “A virtude religiosa fundamental é a sinceridade”.7 Nada supera a sinceridade nem se compara a ela.
Vamos vencer no próximo ano. Que cada um escreva uma nova história do triunfo da revolução humana e do dinâmico desenvolvimento do Kossen-rufu — por meio de forte oração, dedicado esforço e sólida união.
Minha esposa e eu estamos orando sinceramente pela saúde e longevidade de nossos queridos companheiros e seus familiares nos 192 países e territórios.
Daisaku Ikeda
Presidente da Soka Gakkai Internacional

Editorial


Editorial

Edição 2065 - Publicado em 01/Janeiro/2011 - Página A2
Feliz Ano dos Valores Humanos e do Dinâmico Avanço!
Extraordinários companheiros da BSGI, desejamos a todos um glorioso ano-novo! Que 2011 seja de uma virada magnânima, como base d´uma renovada existência em prol do Kossen-rufu e do Mestre, e de avanços contínuos e grandiosos na vida pessoal.
Encerramos o cinquentenário com galhardia e sucesso absolutos! As edições anteriores mostraram quão significativas foram as atividades e a luta que todos empreenderam nesta oportunidade única vivida junto com o Mestre. O Bloco Monarca e a visita do Sr. Hiromasa Ikeda na Convenção de Manaus, com quem realizamos o sonho do presidente Ikeda e da Sra. Kaneko são realizações que jamais se apagarão dos anais da história do Kossen-rufu mundial.
Comprovamos que é possível erguer o futuro agora, tendo o Kossen-rufu como missão e o Mestre como eixo! Viver este momento juntos com o Mestre e poder alegrar o seu coração com tamanha conquista, não é algo para pessoas comuns. Isso tudo foi possível porque são todos verdadeiros Bodhisattvas da Terra, emergidos no Brasil, para cumprir a missão de transformar a BSGI Monarca do Mundo. Uma referência indelével para todos e para o futuro.
Avançar continuamente, desenvolvendo-se cada dia como pessoas valorosas e vitoriosas, se faz essencial para construir uma história de glória. Como o nosso mestre tem insistentemente orientado, derrota é melancolia, infelicidade; vitória é felicidade. Jamais nos esqueçamos disso!

O compromisso de Manaus

Nas comemorações de Manaus, os 2.500 membros representantes reconfirmaram o compromisso rumo a 2030. Todos os pontos estão nos periódicos de atividades das coordenadorias. Vamos criar valores humanos (ponto primordial da Soka Gakkai) e edificar a “BSGI de Força Jovem”, prezando cada pessoa.
Para isso, o presidente Júlio Kosaka delineou a mudança de paradigma que está ocorrendo na BSGI, como resultado do empenho dos jovens e dos resultados do cinquentenário. Até então, as pessoas tinham em mente que prática da fé era simplesmente participar de atividades. Agora está surgindo a consciência de que a verdadeira prática da fé é retornar ao ponto primordial da “fé, da prática e do estudo” [Shin-gyo-gaku] tendo como centro a missão de realizar o Kossen-rufu e a unicidade com o Mestre.
Para tanto, ele apresentou três pontos para essa mudança de paradigma: 1. Cada família faz um Chakubuku por ano, sem falta! 2. Ler o romance Nova Revolução Humana. 3. Ler os Escritos de Nitiren Daishonin na íntegra.
São pontos que devem ocorrer não só em reuniões, mas no cotidiano de cada pessoa, buscando, sobretudo, pôr em prática os ensinos do Buda e as comprovações da Soka Gakkai na vida pessoal, vivenciando-os na realidade de cada um. Empreender com sucesso esses itens neste primeiro ano da nova década é algo inestimável. Vencer agora é fundamental para ser vitorioso continuamente rumo a 2030!
Avançando eternamente juntos com o Mestre!
Em sua mensagem para a Convenção em Manaus, o presidente Ikeda deu-nos o caminho das contínuas vitórias rumo ao futuro: Fazer do coração do Mestre o seu próprio coração. Proteger a BSGI como a própria vida do Mestre. Proteger as mulheres que lutam abnegadamente. Criar jovens herdeiros de valor. Jamais ser derrotado, não importa as provações. Recitar muito mais Daimoku. Bravura e coragem até o fim. Espada da convicção e da sinceridade. Não há dúvidas de que está no coração de cada um a chave para avançar com glórias, eternamente juntos com o Mestre.
Portanto, caros companheiros, conforme o clamor de nosso Mestre neste sublime momento de partida, “visando o auspicioso centenário [em 2030] da Soka Gakkai, construam em meu lugar a Soka Gakkai da Força Jovem Brasileira!”, vamos atuar com bravura, serenidade e brasilidade, incentivando-nos mutua e calorosamente, prezando cada pessoa, na busca contínua de construir a “BSGI, supremo modelo para o mundo”, “eternamente monarca” porque cada um é monarca da vitória.