"A grandiosa Revolução Humana de uma única pessoa irá um dia impulsionar a mudança total do destino de um país e além disso, será capaz de transformar o destino de toda a humanidade."

ѵıѵα! ! ! ! α sgı 80 αησs ѵıѵα ! ! ! α вsgı 50 αησs ∂є яєαłızαçõєs,αѵαηçσ є sυcєssσ
ѵıѵα!!! sєηsєy

sgi

Loading...

Postagens populares

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Pesquisa Digite uma palavra ou termo Ano: Periódico: Procurar Utilize "aspas duplas" entre as palavras para pesquisa com termos compostos. Jornal Brasil Seikyo Terceira Civilização Revista Dez Controle de impressos CILE Extranet >> Impressos >> Brasil Seikyo >> Ed. 2294 Ed.2294 Versão PDF Reportar Erro Tamanho Fonte Outros [Série comemorativa] “Tenham sonhos!” Edição 2294 - Publicado em 10/Outubro/2015 - Página A3 [Asas do Futuro — capítulo 1] A estrada de Los Angeles DAISAKU IKEDA Encontro memorável do presidente Ikeda e do prefeito Tom Bradley em Los Angeles, janeiro de 1975. Abaixo, foto do campus da Universidade Soka da América (SUA) A estrada de Los Angeles é uma rodovia infinita de esperanças e sonhos. Originadas no distante mar do Pacífico, as fortes ondas se cessam quando chegam à baia e o vasto céu azul parece não ter um fim. As praias repletas de pessoas que aproveitam o sol, o mar e a areia; árvores verdes e as montanhas marrons se misturam; e carros passam pelas ruas do entorno. Todos esses elementos mostram seu brilho e formam uma única e bela paisagem. Esta estrada que cintila como se expressasse a celebração do Sol, é o caminho pelo que sempre percorro quando visito Los Angeles, no estado da Califórnia, localizado na Costa Oeste dos Estados Unidos. De dentro do carro, aprecio a refrescante brisa do mar e pressiono o botão da câmera para registrar a bela imagem. Estados Unidos é o país que registrou o meu primeiro passo (em outubro de 1960) para concretizar o sonho do kosen-rufu mundial confiado à mim pelo meu venerado mestre, segundo presidente da Soka Gakkai, Josei Toda. Desde então, visitei 54 países e territórios, realizei diálogos com inúmeras pessoas e continuei a plantar as sementes da paz. Meu mestre possuía uma grandiosa e nobre missão — o sonho de concretizar o kosen-rufu no mundo inteiro e de banir a miséria de toda a humanidade. Mesmo em viagem, visitando algum país, suas palavras ressoavam em meu coração: “Daisaku, você deve partir para o mundo em meu lugar!”. Como seu sucessor, viajei pelo mundo para realizar seu sonho. E isso tem sido uma jornada da paz para propagar o sonho do kosen-rufu mundial. E agora estamos embarcando em uma nova viagem de mestre e discípulo para concretizar o sonho que vocês, meu jovens amigos da Divisão dos Estudantes, e eu compartilhamos. Vamos abrir amplamente as asas de nosso coração e avançar juntos rumo ao futuro! Acalentar sonhos e lutar para concretizá-los é uma peculiaridade humana e, em particular, é um privilégio dos jovens. Los Angeles é a cidade da liberdade na qual as pessoas, desde há muito tempo, se reúnem em busca de seus sonhos. Califórnia é conhecida como “Estado Dourado”. O nome origina-se da corrida do ouro na Califórnia (1848–1855), quando a descoberta do ouro trouxe um grande fluxo de pessoas para o estado, o levou à construção e popularização das cidades. Alguns dizem que o passado da Califórnia é o futuro da América. Los Angeles — cidade cosmopolita — tem sido e ainda é o principal palco no qual as pessoas imbuídas de espírito pioneiro anseiam viver seus sonhos. Eu visitei Los Angeles inúmeras vezes. Para mim, esta é a capital da esperança onde reluz o brilho de ouro das pessoas capazes . Lembro-me de quando proferi o discurso na Universidade da Califórnia em Los Angeles (em inglês: University of California, Los Angeles, UCLA), há 40 anos, em 1o de abril de 1974. No Japão, devido ao fuso horário, era 2 de abril — dia do falecimento do presidente Toda. Na minha juventude, decidi abrir mão de cursar a universidade para apoiar integralmente o Sr. Toda e seus negócios que estavam numa situação muito delicada. No entanto, meu mestre me deu aulas particulares cobrindo uma ampla variedade de matérias com o desejo de proporcionar uma educação do mais elevado nível. No início, nos encontrávamos uma vez por semana, aos domingos, mas eventualmente as aulas passaram a ser diárias, bem cedo pela manhã. Como um graduado da “Universidade Toda” de muito orgulho, queria transmitir o que ele me ensinou — os princípios da filosofia do respeito à vida — aos jovens intelectos de todo o mundo. Minha palestra na UCLA representou a cristalização do sonho de meu Mestre e o esforço em mostrar sua vida e seus pensamentos às pessoas. Por meio da apresentação da visão budista sobre a vida, clamei o intuito de fazer do século 21 o século da vida Os estudantes talentosos e empreendedores ouviram atentamente as minhas palavras e, ao fim da palestra, muitos vieram até ao palco me cumprimentar. Jovens de mente aberta, que vieram de diversos lugares do mundo, buscando a filosofia budista do humanismo — “Quão feliz o presidente Toda ficaria se ele estivesse aqui para presenciar isso!”, pensei. Até me esqueci de limpar a minha testa que transpirava, pois queria continuar a apertar a mão de cada um. Desde daquela primeira vez na UCLA, realizei um total de 32 discursos em universidades e instituições acadêmicas de todo o mundo. A visão do meu mestre estará sempre em meu coração. A mãe de meu querido amigo e ex-prefeito de Los Angeles Tom Bradley disse que vivemos para sonhar e que o que importa é se temos coragem e desejo de tornar nossos sonhos realidade. O prefeito Bradley estudou na UCLA, onde discursei. Ele foi o primeiro afro-americano a se tornar prefeito de Los Angeles. Nosso primeiro encontro ocorreu em janeiro de 1975, um ano após à minha palestra, na Prefeitura de Los Angeles, onde se tem uma visão panorâmica do centro da cidade. Ao entrar na sala, o prefeito Bradley, um homem de estatura alta, me cumprimentou com um caloroso sorriso. Ele falou gentilmente com uma franqueza e sinceridade despretensiosa. Seu comportamento modesto revelou um caráter brilhante que fora polido por muitas provações e desafios. Seu avô foi um escravo; seu pai foi um fazendeiro pobre; e ele trabalhou em plantação de algodão durante a infância. Quando o prefeito Bradley tinha a mesma idade de vocês, integrantes da DE, a discriminação contra afro-americanos ainda era muito forte na sociedade. Para ele, ingressar na universidade era o sonho dos sonhos. Um professor na escola chegou a dizer que ele deveria abandonar essa ideia e começar a trabalhar. No entanto, ele se recusou a desistir. “Vivemos para sonhar” — as palavras de sua mãe se tornaram a fonte de energia que o sustentou para vencer seus desafios. Após empreender grandes esforços nos estudos, ele foi admitido na UCLA. E, posteriormente à formatura, trabalhou para o Departamento de Polícia da cidade de Los Angeles (em inglês: Los Angeles Police Department, LAPD) durante 21 anos. E então compôs a Câmara Municipal, se candidatou para prefeito e ganhou sua segunda eleição. Se tornar policial não era o que havia originalmente planejado, mas seguindo a sugestão de amigos e familiares, decidiu prestar o exame para ingressar no Departamento de Polícia. Isso abriu o caminho para uma nova e inesperada carreira. O importante é se dedicar ao máximo, dando tudo de si, no desafio de qualquer tarefa que esteja diante de vocês e tentar diversas coisas, mesmo que não tenham uma ideia clara de qual seja seu sonho. Nenhum esforço é desperdiçado. Cada passo que avançam, fazendo o melhor, os conduzirá ao sucesso e à concretização de seus sonhos. Haverá momentos em que se sentirão perdidos, mas não há necessidade de ficarem apreensivos. Mesmo que vocês acabem tomando um longo caminho, façam dele uma oportunidade para novas descobertas e apreciem as paisagens durante o trajeto. Nesse processo, poderão encontrar um outro caminho maravilhoso ou um novo sonho a ser concretizado. O essencial é ter coragem, sem medo de falhar. Por favor, perseverem com uma indomável convicção que seus sonhos se tornarão realidade. Os sonhos não precisam ser grandes. Apenas pensem em seus objetivos diários, como melhorar as notas, ingressar em grêmios da escola, fazer intercâmbio em outro país, cultivar excelentes amizades ou desejar que um familiar se recupere da doença. Todos eles são sonhos preciosos. Tenho certeza que vocês têm muitos desejos que se tornam sonhos. Por isso, vamos orar daimoku todos os dias, se esforçar para descobrir quais são seus sonhos e concretizá-los um a um. Se viajarem para Los Angeles de avião, muito provavelmente o destino será o Aeroporto Internacional de Los Angeles. Todos os voos internacionais chegam ao Terminal Internacional Tom Bradley, onde há um busto de bronze do prefeito Bradley que recepciona a todos, de diversos lugares do mundo, com aquele sorriso. Tenho certeza que ele está dizendo a todos vocês “Tenham sonhos!” Rosa Parks, figura essencial no movimento dos direitos civis americano, foi uma outra querida amiga com quem também me encontrei em Los Angeles (em janeiro de 1993). A Sra. Parks lutou para erradicar a discriminação racial juntamente com líderes dos direitos civis, como o Dr. Martin Luther King Jr., que pronunciou o famoso discurso I Have a Dream (Eu tenho um sonho). Afro-americanos foram discriminados e maltratados simplesmente por causa da cor de sua pele. Em uma sociedade onde afro-americanos eram obrigados a passar seu assento no ônibus aos brancos, Rosa Parks corajosamente se pronunciou contra tal injustiça. E, ao fazer isso, ela mudou o curso da história. Certa vez, a Sra. Parks escreveu à uma jovem garota, futura líder: “Você pode ajudar a manter a esperança. Viva acreditando em si própria. A esperança para si própria e para o futuro tornam este mundo um lugar melhor para se viver”. Embora se deparem diante de um obstáculo e se sintam de mãos atadas, se expandirem seus sonhos que abraçam o mundo, a esperança continuará a avançar. E, enquanto cultivarem essa esperança, o caminho para concretizar seus sonhos continuará livre para vocês trilharem. A Sra. Parks dedicou sua vida ao sonho de fazer do mundo um lugar melhor. Em uma carta de incentivo, ela escreveu que depositava grandes esperanças na Universidade Soka da América (em inglês: Soka University of America, SUA). A SUA, localizada no Condado de Orange, não tão distante de Los Angeles, é a cristalização de um sonho compartilhado por pessoas do mundo todo que lutam pela paz. Magníficos e formidáveis jovens cidadãos globais de diversos países se reúnem nesse local e, juntos, avançam vigorosamente pelo grande caminho da paz mundial. Meu coração está sempre com os estudantes da SUA que dedicam sua juventude ao aprendizado e ao cumprimento de suas missões em um campus onde brilha a luz da esperança. Estou sempre junto em espírito com os formandos que lutam e atuam nos respectivos campos de suas missões. Espero ansiosamente pelo dia em que muitos de vocês, nossos preciosos integrantes da DE, e seus amigos ingressarão na SUA. Publicada em abril de 2014 no jornal Mirai (Futuro). Este jornal é uma publicação destinada a integrantes da Divisão dos Estudantes Esperança e Herdeiro da Soka Gakkai